Some examples of MY RUNNING MUSIC !!! (Just click play to listen and enjoy)


Get a playlist! Standalone player Get Ringtones

Monday, July 30, 2007

O Brasil Na Badwater!!! (Ultra Maratona de 217km)

Ela venceu o cancer tres vezes...sera que ela ia sobreviver a Badwater?
Monica Otero - Badwater Girl e oficialmente veterana agora!!! (54:16:26)


Badwater 217km - Ultra Maratona 2007






Tem gente que gosta de tirar ferias para relaxar na praia ou nas montanhas onde ta tudo em silencio e paz....mas tbm tem gente que tira ferias para testar e tentar descobrir mais a respeito de si mesmo.


(Eu e meu amigo de ultra maratonas do Rio, o grande Marcio Villar)

Eu passei a semana passada toda com tres pessoas muito especiais do Brasil. Eles vieram para ca participar de uma das provas mais dificeis do planeta. Cada um deles tinha suas proprias razoes em vir para a Ultra Maratona da Badwater 2007.


(Eu e o Valmir Nunes um dia antes da prova.)

Valmir Nunes tem 43 anos e eh um super atleta de provas de distancias extremamente longas. Ele tem varios recordes mundiais na distancia de 100km e tambem tem o segundo recorde mais longo de distancia corrida em 24 horas...correndo 273km!

A historia do Valmir na Badwater eh INACREDITAVEL! Essa foi a primeira vez dele correndo esta prova no deserto Mojave com calor tao extremo. Ele sabia que fisicamente ele era capaz de completar os 217km em menos de 24 horas se ele pudesse evitar problemas com o estomago.

(Eu correndo com o Valmir logo depois dos primeiros 22km da largada.) Tinha tres largadas diferentes na prova, as 6:00, as 8:00, e as 10:00. Valmir largou com o grupo das 10:00. Ele ainda tava em terceiro lugar quando eu tava correndo com ele aqui...e ele continuou no terceiro lugar por mais de 175km.

Tirei essa foto do Valmir passando a Moninha, quem comecou duas horas mais cedo com o grupo das 8:00.


(Equipe de Suporte do Valmir: Mario, Valmir, Ely, Charlse, Jason, Peter, Tony Montana) O Valmir tem patrocinio da Brooks e ja faz 17 anos que eh um atleta profissional. Ele tbm eh um tecnico e personal trainer e um dos atletas dele acabou de ganha a medalha de terceiro lugar na maratona feminina dos jogos da Pan no Rio!


Entao, depois de uma batalha com os lideres da prova, o Valmir planejou a sua corrida estrategicamente bem, e ele conseguiu fechar a distancia de 10km do lider, Jorge Pacheco, e acabou ganhando...



...oh, e eu quase esqueci de falar tbm que ele quebrou o recorde da prova que o Scott Jurek fez em 2005 de 24:36:08. O Valmir correu os 217km em 22 horas e 51 minutos!!! Acho que esse recorde vai ficar por muito tempo ainda.


(Mario Lacerda fazendo papel de tradutor do Valmir durante as entrevistas.)



A segunda pessoa brasileira que correu a Badwater este ano eh, Monica Otero, ela tem 51 anos e teve que lutar contra o cancer por muitos anos. Ela tbm eh a primeira brasileira e ate sul americana a se qualificar, participar e completar essa prova tao dificultosa.

(Eu sendo Pacer da Monica apos mais de 30 horas de prova e depois de ter corrido quase 150km de estrada.)

Este foi a primeira vez dela participar dessa ultra maratona e sua unica meta foi a de COMPLETAR nas 60 horas permitidas. Nao foi nada facil e ela teve muitas dificuldades na primiera metade da prova que fez a gente quase perder a esperanca.



A Monica conseguiu organizar uma otima equipe de suporte que amou muito ela e queria ve-la ter sucesso na prova. Tivemos uma reuniao de equipe no dia antes da prova onde a Monica falou da sua gratidao e amor por cada um de nos, e que ela nao seria nada sem a equipe dela. Todos choramos junto com ela e sabiamos entao que estavamos fazendo parte de algo muito especial.


(Esquerda a Direita: Mario, Karen, Eu (Jarom), Monica, Pat, Marta, Marcio, Jerry)

Nao sei se reparou, mas to descalco nessa foto...isso so porque sao apenas 7:30 da manha. As 9:00 ou 10:00 da manha nem me pagando dolar eu nao piso descalco naquele lugar...rss



A prova da Badwater atravessa o deserto Mojave no Vale da Morte na California, e atravessa duas serras grandes e acaba subindo uma terceira montanha que se chama Mount Whitney. Para as poucas pessoas no mundo que fazem essa prova eh como se fosse uma jornada espiritual. Aqui voce pode ver a Monica de pe na linha de largada e ja ta emocionada pelo poder desse lugar. Muitos consideram esse evento a estrada do Inferno para o Ceu!




Tem muitas analogias quando se compara as diferencas entre o comeco e o fim, a largada e a chegada, Badwater ate Whitney Portal....por exemplo: Agua mal para agua boa (tem uma cachoeira linda no final), o lugar mais quente para o lugar mais fresco, o lugar mais escalvado para o lugar mais cheio de vida e mato, o lugar mais baixo para o lugar mais alto...etc.




Todos temos nos preparados por este dia por meses. O dia final chegou para arrumarmos tudo, incluindo botando os nomes e numeros dos atletas nos carros de apoio.




A Monica nao tava tentando ganhar a prova....mas apenas sobreviver a distancia enorme e o calor insuportavel. Ate 11:00 da manha ja tava fazendo 50 graus (119 F). O bom foi que o dia ficou meio coberto e nao sentimos o sol direto ate quase 2:00 da tarde.



Banhos de gelo, mangueiras de agua gelada, bandanas com gelo, e toalhas e roupas molhadas foram as maneiras melhores de manter a temperatura do corpo dela. Ela ficou colocando gelo em baixo do bone dela direto e o chamou do "cooler" dela.






Eu fui a primeira pessoa correr como pacer dela assim que ela chegou em Furnace Creek, que foi o primeiro check-in da prova. Durante o treino dela comigo duas semanas atras ela demorou 6 horas chegar em Furnace Creek de Badwater. No dia da prova ela fez essa mesma secao da prova em apenas 4,5 horas :)






Depois de Furnace Creek ainda faltava mais 40km ate o proximo check-in em Stovepipe Wells...que a Monica nao ia alcancar ate depois do por-do-sol.




(Mario Villar sendo pacer da Monica chegando em Stovepipe Wells a noite.)



Assim que chegamos em Stovepipe Wells a gente deu uma parada no hotel por 3 horas pra descansar, jantar e tentar dormir um pouco. Monica tomou um banho frio e foi ver o medico de pe pra ele cuidar das bolhas dela. Lembre-se que o tempo NAO PARA para essas paradas.



Agora a secao mais baixa da prova e o segundo Check-In atras dela....a Monica alcancou o primeiro pico de montanha e subida de mais ou menos 1.600 metros, Townes Pass, bem na hora de assistir o nascer do sol.


(Marcio, Marta, Pat, e Eu no topo de Townes Pass com o Vale de Panamint no fundo.)


Aqui em baixo voce pode ver que to apontando para o terceiro Check-In e a proxima serra que a Monica tinha que subir no segundo dia da prova.



Depois de uma parada de 2 horas em Panamint Springs para recuperarmos e descansarmos antes de enfrentar a proxima serra, a Monica virou outra pessoa 100% diferente....determinada como nunca vi antes ela subiu a serra de 25km como se ela estivesse comecando a prova.

(Eu e meu meu amigo Dave Hemmert almocando em Panamint antes de continuar por mais 25 horas ate a linha de chegada.)


(Essa eh so uma foto que tirei durante um treino de 10km com o Marcio na noite antes da prova....eu a coloquei no blog porque eh muito LEGAL, nao acha? hehehe.)


A Moninha tinha o que parecia uma caravana de apoio o tempo todo encorajando ela e fazendo de tudo pra que ela consumisse calorias suficientes e liquido.


Aqui eu tava dando um pedaco de batatinha pra Monica comer. Voce pode ver a Mount Whitney no fundo e ate a rua que vai e vem subindo a montanha ate a linha de chegada mais ou menos 2.800 metros em cima do nivel do mar. A pequena cidade de Lone Pine fica so 3km a nossa frente, ai so falta uma meia maratona de subidas ate Whitney Portal.


(Centro de Lone Pine...ate que enfim :)


Aqui ja eh a penultima virada na montanha antes da chegada. Monica tinha ultrapassado dois corredores 2km atras, antes de tirar essa foto.
O Marcio queria provar pra mim que ele ainda tinha energias pra fazer flexoes depois de tantas horas e milhas de dar suporte. Ele so conseguiu fazer apenas dois! hahahaha


Faltando apenas 1km a equipe toda pegou bandeiras e vestiu a camisa do time que Monica nos deu e seguimos atras dela gritando "MONICA...MONICA...MONICA." Nao demorou muito ate o resto do povo la tbm comecou a gritar o nome dela juntos. Foi um chegada cheio de emocao pra todos.




(Diretor da Prova Badwater Chris Kostman e Monica Otero)

(Os pes da nossa Moniquinha depois de 217km e 54 horas de prova atravessando o deserto...Acho melhor voce nao ver os pes dela sem meia....kkkk)



O ultimo atleta Brasileiro que correu a Badwater este ano tbm eh um cara muito legal, Manoel Mendes, ou Manoelzinho, como conhecido entre os ultra maratonistas do Brasil. Manoel tem 47 anos e ja correu essa prova duas vezes antes, infelizmente sem muito sucesso. Mas esse ano ia ser diferente...TINHA QUE SER !


Manoel me disse que nas duas tentativas anteriores ele se esforcou muito, querendo uma colocacao boa...ele eh um grande ultra maratonista, mas com a pressao de fazer rapido e o calor extremo sem ter se aclimatado acabou com ele as duas vezes. Este ano ele simplesmente queria atravessar a linha de chegada independente de tempo.


Ele nao eh apenas uma ultra maratonista mas tbm um tri-atleta super forte. Ele ja completou a Ultra IronMan no Hawaii tres vezes como vc ta vendo na tatuagem dele nas costas. Uma ultra ironman eh o dobro das distancias de um ironman que ja eh muita coisa.

(Equipe do Manoel: Mario, Maira, Manoelzinho, Kuami, Henrique, Patricia. Sarah e Cindy nao estao na foto.)


Essa eh a Sarah Lowell sendo pacer do Manoelzinho....ela tbm eh incrivel!!! Ela nao so tem patrocinio da Montrail mas ela tbm ganhou (e foi a unica pessoa a completar) a prova ArrowHead de 217km no gelo com temperaturas de -45 graus abaixo de zero em Fevereiro deste ano. E fez sem suporte...so ela, um trenol com seus equipamentos e alimentos.


A Sarah tbm acabou de correr uma prova de 80km um dia antes da prova no Vale da Morte onde ela ia correr com o Manoel pelo deserto. Ela espera encorojar o time da Montrail dela para considerarem o Manoel como o primeiro atleta internacional patrocinado pela Montrail. Sem promessas e nada garantido, mas pelo menos isso ajudou muito o Manoelzinho a achar mais forca nele para conseguir chegar ate o fim da prova dessa vez.




O Manoel comecou a prova duas horas depois da Monica (largou com o Valmir e o grupo das 10:00), entao quando ele alcancou a Monica ele parou por uns minutinhos pra celebrar e dancar :)

Foi muito bom ver o nivel de entusiasmo tao alto e saber que ele tava muito bem. Eu fui correr com o Manoel pelos proximos 5 km pra poder conversar com ele e desfrutar desse sonho realizado! Correndo com o Manoelzinho foi uma das experiencias que eu mais gostei da prova toda. Thank you Manoelzinho! Te vejo em Janeiro 2008 na Brooks BR 135 pra vc retribruir o favor, ta beleza?





Manoel eh capaz de completar a distancia em bem menos de 40 horas, mas ele nao queria riscar e nao terminar esta vez.

(Patricia sendo pacer do Manoelzinho)

Manoel e sua equipe tiraram um tempao pra descansar/dormir em Stovepipe Wells, entao a Monica acabou deixando ele pra tras ate umas duas ou tres horas de madrugada quando ele a alcancou novamente em baixo das estrelas :)


A ultima subida do Manoel na montanha Whitney...ele tava muito perto da marca de 48 horas. Quem consegue completar essa prova em menos de 48 horas nao so ganha medalha mas ganha uma fivela da Badwater :)



Manoel completou em 48,5 horas !!! Parabens meu amigo. Agora eh minha vez completar a Brooks Brazil 135 em 2008 :)


Badwater 2007 - Stop!!! (THE END) http://www.badwater.com/ / http://www.brazil135.com.br/

Quero muito agradecer o Rodrigo Cerqueira....Cara voce merece mil "Thank You's". Keep dreaming and working hard. You help bring so many people together in such a special way.

Tbm quero agradecer o grande Mario Lacerda por tudo que fez, sua dedicacao e pelas horas que gastou organizando as equipes...Vc foi quem conseguiu juntar as pessoas para poderem chegar a linha de largada....nos agora fizemos a nossa parte e ajudamos os atletas a chegarem ate a linha de chegada!


JT

Rodrigo: Nao vemos a hora dos artigos serem lancados na revista...e quem sabe um livro um dia tbm, QUE TAL?

3 comments:

Marcio Villar said...

Mentira sua eu paguei 10 flexões direto e não duas como vc falou, cara você é um irmão que ganhei, não tenho como agradecer tudo que você fez por mim, muito obrigado mesmo do fundo do meu coração, espero um dia poder retribuir tudo, um grande abraço.

Rodrigo said...

Jarom, meu brother, obrigado pelas palavras. Vamos correr juntos a BR135 em 2008. E quem sabe a Badwater tambem!!! Assim que eu tiver a confirmacao de alguma revista sobre nossa materia te aviso, ok?

Nao me canso de ver as fotos. Ficaram muito legais. Eu vou tentar publicar o que der online pra eu compartilha-las com todos.

Grande abraco,

Rodrigo Cerqueira

Marcio Seabra - Personal Trainer said...

Gostaria de parabenizar a todos por essa prova de superação, independente do tempo de prova, todos são vencedores e é muito bom ver o nosso país nos eventos internacionais.
PARABÉNS A TODOS!!!!!!

Manoelzinho, valeu cara vc conseguiu, Parabéns.Abraços!!!!!

Marcio Seabra (Academia Júlio Adnet)